Free CursorsMyspace LayoutsMyspace Comments
Sou Quase Tudo Aquilo Que Acredito.: Bolsa

Bolsa

Mais um post sobre crochê. Dessa vez sobre algo no qual trabalhei por um bom tempo: uma bolsa feita de bolsas; bolsas plásticas, essas que qualquer um de nós mortais recebemos quando vamos comprar alguma coisa no mercado ou seja onde for...
A sacolinha plástica teve seu advento na época da Revolução Industrial e estudos afirmam
que a 1° sacolinha plástica criada nessa época ainda está no nosso mundo, baseado na
afirmação de que elas demoram algumas centenas de anos para se decompor. Nessa nossa época
onde as sacolas cismam em poluir o nosso mundo e algumas das grandes cidades estão vetando seu uso, está ai uma boa utilização para as famigeradas bolsas de plástico.
Quem me deu a idéia foi minha tia, achei bem interessante e partir do que ela me passou, consegui fazer a bolsa. Sua confecção é muito simples. Basta pegar uma sacola e cortá-la em tiras horizontais de forma que as tiras formem elos fechados. esses elos são entrelaçados e assim é só começar a fazer pela parte do fundo da bolsa. Nenhum mistério quanto aos pontos,  uma carreira de ponto baixo seguida de uma carreira de ponto alto e assim sussessivamente. O segredo é ir fazendo as carreiras até a bolsa atingir o tamanho que você julgar melhor. Na verdade optei por fazer esse modelo, mas você pode soltar a criatividade e fazer da forma que quiser.
Uma consideração que deve ser feita é que são utilizadas muitas sacolinhas, essa bolsa, por exemplo deve ter mais de 100 delas, é a única parte que pode ser mais complicada: encontrar a matéria-prima em abundância rapidamente, foi esse o único motivo de eu ter demorado duas semanas para terminar a peça.
Mas o que não faltam na nossa vida são sacolas. Abaixo seguem duas fotos da bolsa.










 

Minha tia fez uma com aqueles sacos plásticos azuis. Eu não vi, mas o resultado com certeza ficou muito bonito. Além de uma boa alternativa pra se guardar compras, esa bolsa feita de bolsas é bem forte, aguenta um bom peso. Espero que tenham gostado. Cya.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

2 comentários:

Luciana disse...

Meu amigo virtual é diferente...

Ele não olha nos meus olhos,

Ele vê meu coração...



Meu amigo virtual é diferente...

Ele não percebe as minhas lágrimas

Percebe o momento de me confortar



Meu amigo virtual é diferente...

Ele não sorri, ele me faz sorrir...



Meu amigo virtual...

Você não sabe...

Mas te procuro todas as noites .



Você não sabe...

Mas fico feliz quando você vem...

Olho para você, na expectativa de um sorriso...



Te espero assim como o sol, espera pelo amanhecer...

Te espero assim como a lua, espera pela noite,

Certa que virá!



Não me importa se vens através de telas...

O que importa, é que venhas..

Não sei porque te escolhi como amigo...



Suas letrinhas são iguais a de todos os outros,

Apenas suas palavras são firmes...



Você consegue me fazer acreditar.

Talvez você não saiba, mas quando me falas...

Quando brinca comigo...

Quando me escutas...

Quando me amas...



Exerce a nobre tarefa de um amigo REAL.

Assim... Cativa-me...



Escuto seu sorriso, através do sons do teclado.

Ouço teu coração através do meu coração,

Sinto tua alegria através da minha alegria...



Nunca deixe de vir...

Só conhece a importância dos verdadeiros amigos,

Quando começamos a perceber sua ausência,

Quando chamamos por todos,

E somente ele vem...
Feliz dia do amigo, bjs Lu

Letícia García disse...

nossa q maneiro! parabéns! adorei isso =)

Postar um comentário